Quarta, 18 Maio 2011 11:30

O tal do "preconceito linguístico"

Artigo do professor Paulo Ghiraldelli Jr.

A autora do livro "Por uma vida melhor", que foi distribuído pelo MEC recentemente, quer abolir o que ela chama de "preconceito linguístico". Para tal, ela imagina que o melhor método é dizer que ninguém mais escreve errado, ou seja, que o "certo" e o "errado" devem ser abolidos da escola, em se tratando do uso de nossa língua. A intenção da autora é boa, mas o caminho que ela pega não é útil. E a sua inutilidade vem do uso pouco aconselhável com que ela usa o termo "preconceito".

Artigo completo em: http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=77574