GLENDA MÁXIMO

GLENDA MÁXIMO

Quarta, 10 Outubro 2018 22:38

Histórico

Foi fundada em 18 de setembro de 1962, teve como motivação para sua criação a luta pela regulamentação da profissão de Bibliotecário, junto ao Congresso Nacional cuja Lei foi promulgada em 30/6/62, Lei n. 4.084 regulamentando a profissão do Bibliotecário, como profissional liberal.

Vem atuando nesses 50 anos na atualização dos profissionais bibliotecários, defendendo os interesses da classe bibliotecária de Brasília, advogando pela melhoria dos serviços bibliotecários, dando assistência na criação de novas bibliotecas no Distrito Federal.

É pioneira em Brasília na capacitação de auxiliares de biblioteca, pessoal de nível médio, buscando a profissionalização de pessoal de apoio para as bibliotecas.

Anualmente oferece mais de 10 cursos de formação para auxiliares de biblioteca.

Organizou em 1975 o VIII Congresso Brasileiro de Biblioteconomia - CBBD, quando conseguiu adquirir sua sede própria e em 2007, pela segunda vez realizou o XXII CBBD em Brasília.

É filiada a Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições, e registrada no Conselho Regional de Biblioteconomia 1ª Região - CRB-1.

Em 1982 ao completar seus 20 anos de atividades, dentro das comemorações de aniversário, criou e organizou a 1ª Feira do Livro de Brasília, realizada no Centro de Convenções. Evento que se transformou na maior festa do livro e da cultura de Brasília e do Centro-Oeste. Foi homenageada em livro que conta a história das Feiras do Livro de Brasília. Seu autor é o escritor Lourenço Cazaré, com o título "O livro das Feiras do Livro de Brasília (1982-2006)."

Participa todos os anos, com estande na Feira do Livro de Brasília, onde realiza venda de livros da área, lançamentos de livros, divulga a profissão, doa livros, promove palestras e colabora com a programação cultural da Feira.

Mantém diálogo com autoridades do Governo do Distrito Federal, nas áreas de Educação e Cultura, no incentivo a criação de novas bibliotecas públicas e escolares, na manutenção das já existentes e na contratação de bibliotecários para gerência das bibliotecas.

Em outubro de 2007 participou ativamente da realização da primeira audiência pública realizada na Câmara Legislativa para discutir a situação das bibliotecas públicas e escolares de Brasília.

Presta serviço de consultoria e assessoramento a órgãos do governo e da iniciativa privada, com ou sem remuneração.

Encaminha, ao mercado de trabalho, bibliotecários e auxiliares que são contratados para órgãos públicos e instituições privadas.

A ABDF apoia projetos sociais como: “Escolas-Irmãs”, da Assessoria Especial da Presidência da República, “Varjão Cidade-Escola”, da Administração Regional do Varjão, Brasília, DF, projeto “Bibliotecas “Casa do Saber”, promovido pela Rede Gasol de Combustíveis.

Em 2011, a ABDF colabora na montagem de bibliotecas públicas, comunitárias e escolares, coordenando a seleção, separação, escolha dos livros adequados para as bibliotecas e na capacitação de pessoal que trabalha nas bibliotecas.

Atualmente é responsável pela coordenação técnica do projeto Bibliotecas Casa do Saber que já revitalizou mais de 100 bibliotecas em Brasília e no Entorno.

Participa, anualmente, das comemorações do Dia do Bibliotecário, 12 de março, em parceria com o CRB-1 e órgãos públicos e privados.

Foi promotora do evento "Biblioteconomia fazendo arte", realizado todos os anos durante as comemorações do Dia do Bibliotecário. O objetivo deste evento é mostrar outras habilidades do bibliotecário fora da sua profissão. Assim, as exposições montadas durante a Semana do Bibliotecário já expuseram trabalhos de bibliotecários pintores, artesãos, artista plástico e músicos.

Em 2018 a ABDF inovou com a organização do evento BIBLIOFEST 2018 – Livro, Leitura, Biblioteca e Comunidade, com apoio da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários – FEBAB, Conselho Federal de Biblioteconomia - CFB, Conselho Regional de Biblioteconomia da 1ª Região – CRB1, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT e Bibliotecas e Bibliotecários do Distrito Federal  como parte das comemorações do Dia do Bibliotecário (12 de março) e para divulgar a profissão, estimular o uso das Bibliotecas do Distrito Federal como espaço cultural e estimular a leitura. O evento aconteceu no Centro Cultura do Banco do Brasil – CCBB e foi aberto ao público em geral com programações para o público adulto e infantil.

A gestão atual da ABDF tem o lema “juntossomosmaisfortes” e está alinhada com a Federação Brasileira das Associações de Bibliotecários – FEBAB no compromisso das ações da AGENDA 2030 da ONU de “não deixar ninguém para trás” e tem pautado suas ações nesse sentido. Iniciamos a gestão com o Evento inclusivo BiblioFest e estamos nos organizando e estruturando para promoções de mais cursos beneficiando a classe de leitores, bibliotecários e Cientistas de Informação do DF e para promover ações culturais e sociais que fomentem a inclusão social através dos espaços de bibliotecas do DF.

Criamos em parceria com os Bibliotecários do Distrito Federal, os seguintes Grupos de Trabalho:

  • 1) Grupo de Informação e Documentação Jurídica – GIDJ (portaria anexa)
  • 2) Grupo de Bibliotecas Públicas (portaria anexa)
  • 3) Grupo de Mercado de Trabalho (em desenvolvimento)

Participamos da Festa Junina Beneficente do Núcleo Rural Casa Grande e estamos promovendo diversos cursos de capacitação e fomento aos bibliotecários e leitores.

 

 

 

 

 

Quinta, 04 Outubro 2018 13:42

Resolução salarial de 2018

 

A Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal - ABDF usando das prerrogativas que lhe confere o Estatuto e considerando: ser o bibliotecário profissional da informação de conformidade com a Classificação Brasileira de Ocupações do MTE, de nível superior, de caráter liberal e a Biblioteconomia e Documentação encontrarem-se na Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, como atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental, exercidas nas bibliotecas de todos os tipos, salas de leitura, áudio e projeção, destinadas a servir o público em geral, compreendendo ainda à gestão de bibliotecas, conforme item 9101-5/00 da referida CNAE orientar os bibliotecários e seus empregadores.

 

RESOLVE:

Art. 1º - Estabelecer a seguinte recomendação salarial mínima aos bibliotecários em exercício no Distrito Federal, devidamente registrados no Conselho Regional de Biblioteconomia 1ª Região - CRB1:

BIBLIOTECÁRIO JÚNIOR

a) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 3.082,01 – (bibliotecário recém-formado)

BIBLIOTECÁRIO PLENO

b) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 4.055,17– (bibliotecário a partir de 02 anos de experiência)

BIBLIOTECÁRIO SÊNIOR

c) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 5.029,39 – (bibliotecário a partir de 06 anos de experiência)

BIBLIOTECÁRIO ESPECIALISTA

d) Chefia imediata da Biblioteca (pós-graduado) ____________________ R$ 5.678,52

e) Direção de Biblioteca/Centro de Documentação (pós-graduado) ______ R$ 6.652,75

Art.2º – Estabelecer a seguinte recomendação para outras atividades desempenhadas pelo bibliotecário:

BIBLIOTECÁRIO CONSULTOR

SALÁRIO HORA SEM VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Consultoria e assessoria: diagnóstico e projeto; organização/implantação/manutenção (de bibliotecas, centros de informação e sistemas de informação/base de dados) = R$ 97,32 hora.

Treinamento/cursos de aperfeiçoamento = R$ 44,91 a R$ 152,92  hora/aula

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Elaboração de ficha catalográfica na fonte = R$ 65,23

Levantamento bibliográfico até 15 referências bibliográficas = R$ 65,23

Indexação de periódico = R$ 48,12 (por artigo)

Elaboração de índice = R$ 5,88 por página

Normalização de referências = R$ 3,74 por título referenciado

Normalização de documento completo (compreendendo preenchimento de solicitação de ISBN ou ISSN; ficha catalográfica de catalogação na fonte; normalização dos elementos: Capa/ Primeira capa / Segunda capa / Terceira capa / Quarta capa/ folha de rosto - ABNT-NBR-6029/2006/ Expediente/ editorial; sumário; numeração e legenda bibliográfica; normalização dos artigos - ABNT-NBR 6022/2018; normas de apresentação tabular do IBGE) = R$ 727,19.

Processamento técnico por unidade: compreendendo a catalogação, classificação, número do autor (Cutter), indexação, digitação para a inclusão na base de dados e etiquetagem do documento = R$ 10,69 a R$ 37,43, dependendo da quantidade de documentos para processamento técnico.

Art. 3º - Os honorários deverão ser sempre estabelecidos mediante contrato, acordados e assinados por ambas as partes.

Art. 4º - Os valores aqui recomendados são sugestões de preço mínimo. É de inteira responsabilidade de cada Bibliotecário a avaliação do trabalho a ser desenvolvido e a forma de negociação com o cliente, levando-se em conta seu nível de experiência e qualificação profissional.

Art. 5º – Para o auxiliar de biblioteca, devidamente certificado com curso de Auxiliar de Biblioteca da ABDF, o salário inicial é de R$ 1.796,59 mensais.

Art. 6º – O empregado que trabalha 8 (oito) horas diárias, terá direito a uma ajuda alimentação de R$ 20,67, ficando o empregador desobrigado quando já for fornecida no local de trabalho, ou através de outro sistema.

 

Luciana Lima de Oliveira

Presidente da ABDF

Participamos do I Colóquio de Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT. O evento foi prestigiado pela Presidente e pelo Secretário-Geral da IFLA - International Federation of Library Associations and Institutions Sra.Pérez-Salmerón e Sr. Gerald Leitner.
A presidente da ABDF, Luciana Oliveira e também Representante Regional da Região Centro-Oeste da Febab Federação, apresentou as ações realizadas pela FEBAB na atual Gestão da Presidente Adriana Ferrari e a Diretora Financeira Lore Nelza apresentou as ações da ABDF desde o início dessa gestão.
Foi um prazer participarmos deste evento e acreditamos sempre no lema da nossa gestão: #juntosomosmaisfortes

  

Segunda, 01 Outubro 2018 16:54

1º MAKER DAY BRASIL

PRIMEIRO MAKER DAY BRASIL , Participe!!!!

A ABDF divulga para todos os seus seguidores e seguidoras o primeiro Maker Day Brasil, iniciativa nacional que em Brasília será sediada pela Casa Thomas Jefferson da Asa Norte, com apoio da Embaixada Americana.

QUANDO e ONDE?

29 de setembro (próximo sábado), a partir das 9h da manhã, na Casa Thomas Jefferson da Asa Norte.

DO QUE SE TRATA?

Evento que abordará a iniciativa maker, voltada para inovação, a partir de workshops e palestras. Trata-se de uma oportunidade para bibliotecários e bibliotecários possam aprenderem novas experiências a serem utilizadas nos locais de atuação.

INVESTIMENTO - Evento Gratuito!!!!

Evento gratuito, mas se faz necessário a inscrição na página divulgada nesta postagem. Garanta a sua vaga!

http://thomas.org.br/makerspace/maker-day-brasil-2018/

Quinta, 06 Setembro 2018 11:33

Curso de Gestão da Informação

Curso de Gestão da Informação e do conhecimento aplicada a arquivos, bibliotecas e museus.

Oferecido pela Faculdade Mackenzie

Para mais informações LINK: https://www.mackenzie.br/pos-graduacao/especializacao/brasilia/negocios-estrategia-e-gestao/gestao-da-informacao-e-do-conhecimento-aplicada-a-arquivos-bibliotecas-e-museus/

Quarta, 05 Setembro 2018 21:13

Curso Expresso com Talita James

A ABDF criou um grupo de trabalho para tratar de Bibliotecas Públicas! O líder e o colega Jefferson Higino. Gostaríamos de convidar os interessados a participar do grupo e contribuírem nessa questão!

Segue o Link para se inscrever: https://goo.gl/forms/cZKiFuOjhuMPQm2r2

De acordo com a reportagem do DFTV 2ª edição da rede globo, sobre a Biblioteca Demonstrativa, que fica localizada na Quadra 506/507 da Asa Sul. As obras da reforma finalmente começaram. Fechada desde 2014, a biblioteca pedia reparos urgentes. Com a responsabilidade da obra passada para o Ministério da Cultura, o custo ficará em torno de R$ 1.760.000,00.

Segue o link da reportagem integral : https://globoplay.globo.com/v/6951382/

FONTE: GloboPlay (Serviço de Streamming do Canal aberto Rede Globo)
Biblioteca Demonstrativa de Brasília deve ser reformada em seis meses. Realização de Clara Franco. Brasília: DFTV - Rede Globo, 2018. (2 min.), Reportagem televisa, color. Disponível em: <https://globoplay.globo.com/v/6951382/>. Acesso em: 17 ago. 2018.

 Inscrição no Link: https://goo.gl/forms/pBAHBi680hy5cic62

*Formas de pagamento SOMENTE com a Cristiane Sobral.

Página 4 de 7