Segunda, 05 Outubro 2015 14:30

Palestra sobre Maker Movement

O IRC convida você para participar de uma palestra com a Leslie Preddy, Presidente da American Association of School Librarians (AASL), sobre Maker Movement. O Movimento do Fazer (Maker Movement) é uma revolução tecnológica e criativa do aprendizado. Makers são pessoas que se percebem como capazes de fazer, criar e transformar.

Data: 20 de outubro de 2015
Horário: 9 às 10h
Local: Casa Thomas Jefferson - SGAN 606 Asa Norte

Haverá tradução simultânea.

A ABDF vem, por meio de sua resolução salarial 2015  estabelecer a recomendação salarial mínima aos bibliotecários em exercício no Distrito Federal, devidamente registrados no Conselho Regional de Biblioteconomia 1ª Região - CRB1 e orientar os seus empregadores.

Leia a resolução completa em Legislações.

A Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal - ABDF usando das prerrogativas que lhe confere o Estatuto e considerando: ser o bibliotecário profissional da informação de conformidade com a Classificação Brasileira de Ocupações do MTE, de nível superior, de caráter liberal e a Biblioteconomia e Documentação encontrarem-se na Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, como atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental, exercidas nas bibliotecas de todos os tipos, salas de leitura, áudio e projeção, destinadas a servir o público em geral, compreendendo ainda à gestão de bibliotecas, conforme item 9101-5/00 da referida CNAE orientar os bibliotecários e seus empregadores.

RESOLVE:

Art. 1 - Estabelecer a seguinte recomendação salarial mínima aos bibliotecários em exercício no Distrito Federal, devidamente registrados no Conselho Regional de Biblioteconomia 1ª Região - CRB1:

 

BIBLIOTECÁRIO JÚNIOR

a) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 2.660,00 – (bibliotecário recém-formado)

 

BIBLIOTECÁRIO PLENO

b) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 3.500,00 – (bibliotecário a partir de 02 anos de experiência)

 

BIBLIOTECÁRIO SÊNIOR

c) Salário base mensal mínimo para uma carga horária de 40 horas semanais:

R$ 4.341,00 – (bibliotecário a partir de 06 anos de experiência)

 

BIBLIOTECÁRIO ESPECIALISTA

d) Chefia imediata da Biblioteca (pós-graduado) ____________________ R$ 4.901,00

e) Direção de Biblioteca/Centro de Documentação (pós-graduado) ______ R$ 5.742,00

Art.2 – Estabelecer a seguinte recomendação para outras atividades desempenhadas pelo bibliotecário:

 

BIBLIOTECÁRIO CONSULTOR

SALÁRIO HORA SEM VÍNCULO EMPREGATÍCIO

Consultoria e assessoria: diagnóstico e projeto; organização/implantação/manutenção (de bibliotecas, centros de informação e sistemas de informação/base de dados) = R$ 84,00 hora.

Treinamento/cursos de aperfeiçoamento = R$ 39,00 a R$ 132,00 hora/aula

 

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Elaboração de ficha catalográfica na fonte = R$ 56,00

Levantamento bibliográfico até 15 referências bibliográficas = R$ 56,00

Indexação de periódico = R$ 42,00 (por artigo)

Elaboração de índice = R$ 5,00 por página

Normalização de referências = R$ 3,00 por título referenciado

Normalização de documento completo (compreendendo preenchimento de solicitação de ISBN ou ISSN; ficha catalográfica de catalogação na fonte; normalização dos elementos: Capa/ Primeira capa / Segunda capa / Terceira capa / Quarta capa/ folha de rosto - ABNT-NBR-6029/2006/ Expediente/ editorial; sumário; numeração e legenda bibliográfica; normalização dos artigos - ABNT-NBR 6022/2003; normas de apresentação tabular do IBGE) = R$ 630,00.

Processamento técnico por unidade: compreendendo a catalogação, classificação, número do autor (Cutter), indexação, digitação para a inclusão na base de dados e etiquetagem do documento = R$ 9,00 a R$ 32,50, dependendo da quantidade de documentos para processamento técnico.

Art. 3 - Os honorários deverão ser sempre estabelecidos mediante contrato, acordados e assinados por ambas as partes.

Art. 4 - Os valores aqui recomendados são sugestões de preço mínimo. É de inteira responsabilidade de cada Bibliotecário a avaliação do trabalho a ser desenvolvido e a forma de negociação com o cliente, levando-se em conta seu nível de experiência e qualificação profissional.

Art. 5 – Para o auxiliar de biblioteca, devidamente certificado com curso de Auxiliar de Biblioteca da ABDF, a faixa salarial inicial é de R$ 1.120,00 a R$ 1.680,00 mensais, dependendo da experiência e qualificação profissional.

Art. 6 – O empregado que trabalha 8 (oito) horas diárias, terá direito a uma ajuda alimentação de R$ 19,00 (dezenove reais), ficando o empregador desobrigado quando já for fornecida no local de trabalho, ou através de outro sistema.

 

RICARDO CRISAFULLI RODRIGUES

Presidente da ABDF

O Reitor da Universidade de Brasília, Professor Ivan Marques de Toledo Camargo, tem a honra de convidá-lo(a) para a cerimônia de Outorga de Título de Professora Emérita a Bibliotecária Doutora Suzana Pinheiro Machado Mueller.

Data: 18 de setembro de 2015.

Hora: 10h

Local: Auditório do Prédio da Reitoria

Campus Universitário Darcy Ribeiro

Brasília - DF

A Diretoria do Sistema de Bibliotecas Públicas convida a comunidade para o evento Cinema e Cordel.  Ele acontecerá por ocasião do Festival de Cinema de Brasília e conta com a parceria da Biblioteca Nacional, a Embaixada da França e a Aliança Francesa.

O Programa Mala do Livro estará participando com exposição de literatura de cordel e a participação de repentistas de Brasília.

 

 

Nos dias 03 a 05 de agosto, a Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal organizou no Parlamundi, em Brasília, o 5º Seminário sobre Informação na Internet e o II Seminário Internacional de Preservação Digital.

Direitos autorais, preservação digital e de informação, TV digital, curadoria digital, finanças digitais e educação a distância foram alguns temas tratados nos seminários.

Os eventos foram um sucesso e contaram com grandes nomes da área como Emir Suaiden, Sérgio, Branco, Ricardo Medeiros Pimenta, Ernesto Carlos Bode, Eric S. Rabkin dentre outros pesquisadores renomados.

As apresentações já estão disponíveis. Para acessá-las clique aqui!

 

Em agosto de 2015 comemoramos o jubileu de ouro da regulamentação da profissão de Bibliotecário. Cinqüenta anos são transcorridos e, hoje, o Brasil conta com uma profissão estabelecida, organizada, consolidada e importante para a sociedade.  Para comemorar essa data especial, o Conselho Federal de Biblioteconomia, a ABDF e outros órgãos de classe estão trabalhando juntos na organização de dois eventos importantes em Brasília. Marquem em suas agendas:

 

SESSÃO SOLENE NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Data: 17 de agosto de 2015

Local: Plenário da Câmara dos Deputados

Horário: 10 às 12 horas

 

SEMINÁRIO POLÍTICAS PÚBLICAS PARA BIBLIOTECAS

Data: 17 de agosto de 2015

Local: Auditório Petrônio Portela • Senado Federal

Horário: 14 às 17 horas

 

Para maiores informações acessem o seguinte link.

 

Vejam também a reportagem sobre os 50 anos de regulamentação publicada na Revista Eletrônica da ABDF. Segue o artigo BIBLIOTECONOMIA: 50 ANOS DE REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO .

Assista a transmissão ao vivo do 5º Seminário sobre Informação na Internet e II Seminário Internacional de Preservação Digital. 

Click no seguinte link: http://www.grupo-e.org/#!web-tv/c1ki5r.

O objetivo do projeto é explorar as possibilidades de interação entre o livro, o toque, o folhear e a história. Segundo a coordenadora de Atendimento, Programação e Extensão, Ana Cristina Mischiati, o projeto tem também o intuito de oportunizar às mães e às crianças um ambiente diferente e a proximidade do bebê com o livro. 

A contação de história irá utilizar os livros infantis selecionados e irá ilustrar por meio de brinquedos, dedoches e desenhos que remetam aos personagens dos livros. No final da sessão, as mães poderão realizar a hora da amamentação ou a hora da mamadeira. A duração será de aproximadamente 40 minutos. 

Os interessados em obter mais informações sobre o projeto, incluindo as próximas datas, podem ligar para 3371-6550 ou entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais informações, com a coordenadora de Atendmento, Programação e Extensão, Ana Cristina Mischiati, pelo telefone 3371 -6500.

Aproveitando a experiência e abrangência nacional, a Fundação Dorina tem desenvolvido um projeto para estimular a formação de redes de leitura inclusiva. A intenção é mobilizar e estreitar o relacionamento entre educadores, mediadores de leitura, governos, agentes de bibliotecas e de organizações sociais, para disseminar a leitura inclusiva pelo Brasil e aproximar a pessoa com deficiência do mundo da leitura.

A Rede de Leitura Inclusiva reúne diversas organizações e pessoas comprometidas em ampliar as oportunidades de acesso ao livro e a leitura para as pessoas com deficiência. Essa proposta se constrói a partir da possibilidade de diálogo entre os participantes como educadores, mediadores de leitura, governos, agentes de bibliotecas e de organizações sociais, trocando experiências de ações já realizadas e construindo novas atividades em parceria.

Desta forma a rede promoverá no dia 11 de agosto em Brasília, um bate-papo sobre Rede de organizações e pessoas que dialogam propostas de ações inclusivas de leitura.

O encontro terá como pauta:

• Apresentação: Pesquisa sobre Leitura Inclusiva e proposta da rede
• Levantamento de oportunidades locais
• Resultados esperados: Criação de uma agenda inclusiva colaborativa 
Quando: 11/08 (terça-feira) das 09h30 às 12h
Onde: Biblioteca Nacional de Brasília/ Setor cultural Sul Lote 2, Edifício da Biblioteca Nacional de Brasília, 1º andar CEP 70 070-150 Contato: Tel. (62) 33256237 Maria das Graças Pimentel de Menezes - Diretora do Sistema de Bibliotecas Públicas

Para participar basta se inscrever gratuitamente no site do evento.

Página 8 de 56