No I Seminário sobre Informação na Internet, que aconteceu nos dias 22 e 23 de
agosto, foram analisadas questões como a preservação digital, normas e padrões
(XML e EPING), a websemântica (indexação), direitos autorais, governo
eletrônico e cidadania, softwares para busca e conteúdos de sites como o
Google, Yahoo, MSN, UOL, Terra e também dos blogs.
 
O objetivo do evento foi trocar experiências e avaliar as melhores práticas no
desenvolvimento de repositórios e periódicos de acesso livre, além de tratar
dos conceitos relativos ao comércio, pesquisa e educação virtual. Na noite do
dia 23, na presença do Ministro de Ciência e Tecnologia, o Ibict lançou o
Portal de Acesso Livre a Periódicos.
 
O livre acesso à informação científica foi o tema amplamente discutido durante o
Simpósio Internacional de Acesso Livre à Informação, que aconteceu nos dias 24
e 25 de agosto. Durante o evento, houve troca de experiências e avaliação de
melhores práticas no desenvolvimento de repositórios e periódicos de acesso
livre. Pesquisadores, professores, estudantes, pró-reitores de pesquisa,
agências de fomento, editores científicos, coordenadores de projetos de
coleções digitais de informação científica e estudantes debateram sobre a
necessidade de uma política de acesso livre à informação científica no Brasil.
 
 
Assessoria de Comunicação Social do Ibict
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Ibict
febab   A FEBAB tem o prazer de comunicar a todos os profissionais de informação e demais interessados que a partir dessa data a Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - RBBD, Nova Série, vo.2, n1, jan.-jun.2006, encontra-se oficialmente disponível em formato digital para consulta em seu site http://143.106.108.58/seer/ojs/ojs/index.php .

A partir de agora, todas as bibliotecas do Brasil podem ficar informatizadas sem nenhum custo e de uma forma fácil e rápida. Graças a uma parceria entre a IBM Brasil e a Sabin (Sociedade Amigos da Biblioteca Nacional) e a Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia da UFRJ, nasceu o Biblivre, software gratuito baseado em Linux para arquivo e pesquisa de livros.

 Basta acessar o site

www.biblivre.ufrj.br e fazer o download.

 

O software utiliza padrões internacionais e foi desenvolvido em módulos que incluem cadastros de funcionários e de leitores, controle do acesso físico às dependências da biblioteca, controle de empréstimos e principalmente módulos de catalogação, além de um banco de dados de obras na íntegra, que pode ser acessado via Internet.


O Biblivre já está implantado em três bibliotecas do Rio de Janeiro e foi lançado oficialmente ontem durante o XIII Encontro Nacional de Bibliotecas Públicas, também no Rio. O evento contou com a presença do Ministro da Cultura, Gilberto Gil. Em breve, o software estará funcionando em mais de 400 bibliotecas de todo o país.

 

De acordo com a Executiva de Relações Comunitárias da IBM Brasil, Sirlene Toledo, o apoio a esse projeto vem ao encontro da estratégia de responsabilidade social da empresa, que tem o foco em educação. "Em um mundo cada vez mais informatizado, as bibliotecas devem ser revitalizadas para atrair novos visitantes. O Biblivre vai facilitar e agilizar as pesquisas, além de incluir digitalmente os bibliotecários.".

 

Responsabilidade Social na IBM Brasil

O Departamento de Relações Comunitárias da IBM Brasil tem como missão planejar e desenvolver projetos e parcerias sociais alinhados com a estratégia de negócios da empresa. Os projetos estão divididos em quatro áreas de atuação: educação e cultura, saúde, voluntariado e diversidade. Todos têm como objetivo dar condições de auto-sustentabilidade para as instituições e a comunidade envolvida.

 

IBM Departamento de Comunicação
Christiana Cardoso - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(11) 2132.3140

Informações
Vanessa Garcia - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(11) 2132-2258

Quarta, 02 Agosto 2006 14:21

Bibliotecas dão nova fama a Bogotá

Com 2 milhões de livros, o principal centro do país tem mais visitantes
do que Masp, Pinacoteca e Mário de Andrade juntos. Com outros projetos na área e grandes bibliotecas em construção, capital da Colômbia recebe título da Unesco por apoio à leitura

Com 2,7 milhões de visitantes por ano, a Biblioteca Luis Ángel Arango, em
Bogotá, é uma das mais visitadas do mundo. Recebe, em média, 9.000 pessoas
diariamente. É mais do que a soma de visitantes de Masp (Museu de Arte Moderna
de São Paulo), Biblioteca Mário de Andrade e Pinacoteca juntos por dia.
Mantida pelo Banco Central do país, ela tem 2 milhões de livros e capacidade
para 2.000 leitores sentados. Nos últimos anos, a BLAA fez escola: a prefeitura local construiu outras megabibliotecas pela cidade e criou diversos programas de leitura que visam formar leitores em massa.
Tal empenho recebeu reconhecimento da comunidade internacional. A Unesco escolheu Bogotá como a primeira cidade latino-americana a ser Capital Mundial do Livro, título que ostentará em 2007. A Fundação Bill e Melinda Gates doou US$ 1 milhão para a rede municipal de bibliotecas e colabora com equipamentos tecnológicos para os centros.
Em visita recente a São Paulo, convidada pela Secretaria Municipal de Relações
Internacionais, a diretora da BLAA, Ángela Pérez Mejía, esteve em São Paulo para falar de como as bibliotecas transformaram Bogotá e começam a mudar um país associado à guerrilha, narcotráfico e violência. Em palestra na Biblioteca Mário de Andrade, que passa por processo de modernização, Pérez Mejía falou que a capital colombiana deve muito aos novos espaços de convivência com livros.
Uma rede de ciclovias, de 300 quilômetros de extensão, e o sistema de ônibus articulados, em corredores, servem todas as grandes bibliotecas. "As bibliotecas ditaram os rumos do transporte público", diz Pérez. Alguns dos maiores arquitetos colombianos trabalharam na criação das três novas megabibliotecas, como a Virgilio Barco, desenhada por Rogelio Salmona, e a El Tunal, adaptando antiga usina de tratamento de lixo, por Daniel Bermúdez.
Atualmente está em construção a quarta megabiblioteca municipal, na periferia de Bogotá, graças à doação de US$ 12 milhões feita pela família Santodomingo, a mais rica do país. Será inaugurada em 2008. 

Livros ao vento

Um dos projetos que envolveu toda a cidade, além do numeroso público que freqüenta as bibliotecas, é o "Livros ao Vento". A prefeitura local lança 70 mil exemplares, por edição, em versões de bolso de clássicos de Cortázar, García Márquez, Allan Poe, Tchecov, entre outros, e os distribui nos pontos de ônibus, gratuitamente. Na contracapa, um pedido: que ao terminar a leitura, o livro seja passado para outra pessoa ou deixado em outro lugar público.
"Deixe que este livro voe."

Outro projeto municipal utiliza postos de leitura, como estantes desmontáveis, que são instalados nos parques da cidade, com 300 livros cada um. O interesse pelo livro também cresceu para além da capital colombiana. No interior, em plena floresta amazônica, existem os "biblioburros", onde agentes culturais levam coleções ao lombo de burrinhos para emprestar livros nas localidades mais distantes. Também foram criadas pelo governo bibliotecas indígenas.

Folha de S.Paulo - 11/07/2006

RAUL JUSTE LORES DA REPORTAGEM LOCAL
©Todos os direito reservados

www.folha.com.br  

Sábado, 22 Julho 2006 21:03

Escolas-Irmãs: prestação de contas

escolirmasBALANÇO DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2006
03/01 a 03/02

Campanha de Doação de Material Escolar para a Escola Municipal Myriam
Pelles
Pereira Ervilha

Mais de 443 doações arrecadadas

17/02

Oficina Poética coordenada pelos servidores voluntários do CENSIPAM

07/03

Conhecendo mais o Programa Escolas-Irmãs, palestra do Frei Betto Cultura depalest
solidariedade na educação

31/03

Feira do Livro na Escola das Nações

07/03 a 05/05

Campanha de Doação de Livros e Formação/Organização da Biblioteca da Escola
Municipal Myriam Pelles Pereira Ervilha

Mais de 1.000 livros arrecadados

05/05

Oficina Literária com a escritora Dora Duarte

10/05

Visita das escolas parceiras ao Palácio do Planalto

7/05 a 23/06

menin Formação da Rede de Servidores Voluntários da PR
Mais de 20 servidores voluntários aderiram ao Programa.

 Órgãos com voluntários:

AE/PR, DDH, SRI, SECOM, SIP, VPR, BPR, DIGEP, CISET, CENSIPAM, GSI, SEPM.

Outros resultados na Escola Municipal Myriam Pelles Pereira Ervilha:

1 - A equipe da Biblioteca da PR tem orientado e monitorado a organização
física do acervo e o recolhimento de dados estatísticos para controle do
seu
uso pelos alunos e comunidade.

2 - A Associação de Bibliotecários do DF promoveu a capacitação da Auxiliar
de Biblioteca da Escola Myriam Pelles Pereira Ervilha.

3 - A Biblioteca da escola está sendo freqüentada pelos alunos, professores
e pela comunidade;

4 - A Auxiliar de Biblioteca, por iniciativa própria, criou um controlebiblio
para empréstimo dos livros aos cidadãos da comunidade.


5 - As professoras instituíram, como atividade escolar, 30 minutos diários
de leitura para cada sala de aula.

 6 - Os cantinhos de leitura de cada sala estão montados, limpos e, o que é
melhor, estão sendo utilizados pelas crianças.

7- A escola a cada dia que passa está mais organizada e estruturada. É
visível  o entusiasmo das crianças, dos professores e dos colaboradores com
o crescimento da escola.

8 - As crianças associam a presença da Escola das Nações e dos voluntários
da PR às ações educativas e culturais.

Assessoria Especial/PR

Mobilização Social

dimensão responsabilidade social


Escola Myriam Pelles Pereira Ervilha de

Santo Antônio do

Descoberto/GO

Sábado, 22 Julho 2006 20:50

Livros somem das bibliotecas

Fonte: O Liberal, 12/07/2006 - Belém PA

Salomão Larêdo

O acervo das bibliotecas das escolas - quando existem biblioteca e acervo, o que é raro - da rede pública está sumindo. Essa, infelizmente, é uma constatação cruel.

 Leia o artigo aqui...

Sexta, 11 Agosto 2006 16:19

XXII CBBD/2007 em Brasília

logo_6bp

Já está marcada a data do XXII CBBD, será de 8 a 11 de julho de 2007, em Brasília, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Conheça o site do congresso clique aqui...

capesLivros, ilustrações, revistas, cartuns, debates e idéias de importantes
pensadores do século 18 poderão ser acessados pela comunidade acadêmica a
partir desta quinta-feira, 29, por meio da internet.


Diretoria Executiva
Presidente: Jefferson Higino Dantas
Vice-presidente: Cristine Coutinho Marcial Pinheiro

1ª secretária: Suelen Garcia Soares
2ª secretária: Dandara Bacã de Jesus
1º tesoureiro: Marmenha Maria Ribeiro do Rosário
2º tesoureira: Yaciara Mendes Duarte

Conselho Fiscal

Efetivos
Iza Antunes Araujo
Marisa Perrone Campos Rocha
Maria Carmen Romcy de Carvalho

Suplentes
Miraildes Alves Regino
Marcos Sigismundo
Rita Lemos

Terça, 06 Março 2018 17:23

COMO SE ASSOCIAR

Enviar comprovante de depósito/transferência pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. E preencha o formulário de cadastro! 

 VALORES DA ANUIDADE

 tabelapreço

FORMAS DE PAGAMENTO

Através de depósito/transferência bancária na conta da ABDF  

Banco do Brasil
Agência 1003-0
C/C: 32176-1
CNPJ: 00.109.942/0001-02 

BENEFÍCIOS

Como associado você terá como benefícios:

♦ desconto na compra de livros
♦ desconto nos cursos oferecidos pela ABDF ou em parceria
♦ desconto nos cursos à distância oferecidos pela FEBAB
♦ desconto nos eventos da ABDF ou em parceria
♦ desconto em todos os eventos nacionais da área (CBBD, SNBU, Integrar)
♦ o uso da biblioteca especializada, instalada na sede da ABDF
♦ o uso da sede própria da ABDF, incluindo a sala de aula para atividades de interesse dos associados
♦ divulgar suas habilidades no evento “Biblioteconomia Fazendo Arte”

Você poderá ainda contar com a ABDF para divulgar suas competências através de:

♦ Banco de currículos de bibliotecários e auxiliares de biblioteca
♦ Orientação para o bom desempenho profissional, com a assistência de profissionais experientes
♦ Encaminhamento para o mercado de trabalho

Venha nos ajudar a fazer da ABDF e do movimento associativo bibliotecário um aliado e responsável pela construção da identidade, da visão e da compreensão dos papéis social e político da profissão de bibliotecário e do desenvolvimento e reforço de seus valores.

Você será muito bem recebido entre nós!

 
Página 50 de 56