Quinta, 08 Maio 2008 14:20

BIBLIOTECONOMIA: O QUE É ISSO ?

A Classificação Brasileira de Ocupações, do Ministério do Trabalho e Emprego, entende que a profissão do bibliotecário encontra-se entre aquelas denominadas de Profissionais da Informação e os conhecimentos são adquiridos nos cursos de Biblioteconomia e Ciência da Informação, em universidades públicas e privadas, em todas as regiões do país. 

      A Biblioteconomia, uma das profissões mais antigas, é vinculada à necessidade humana de recuperar, organizar e disseminar informações. Conforme ensina Edson Nery da Fonseca1, a "palavra biblioteconomia é composta por três elementos gregos - biblion (livro) + theka (caixa) + nomos (regra) - aos quais juntou-se o sufixo ia."

      Embora recorrentemente se associe a profissão às bibliotecas e aos livros, o trabalho do bibliotecário pode ser realizado em diferentes ambientes, locais, situações ou de forma autônoma, onde houver necessidade de informação organizada e tratada. Em realidade, a Biblioteconomia capacita o futuro bibliotecário a lidar com documentos, informações ou dados, de acordo com sistemas, linguagens e lógicas aprendidos no curso.  

      Assim, por intermédio dos cursos de Biblioteconomia, os profissionais lidam e desenvolvem bases de dados, organizam e tratam documentos que incluem os livros, as mídias eletrônicas, as revistas, e as informações contidas nas bibliotecas eletrônicas, que habitam os espaços digitais, além de atuarem na preservação de documentos, informações e dados, igualmente nos diferentes ambientes. Esse trabalho é realizado com base no aprendizado de linguagens documentárias, códigos e padrões internacionais e tratamento de conteúdos que permitem o tráfego e a troca de informações que extrapola os limites das organizações no país e no contexto internacional. 

      O curso de Biblioteconomia permite ao profissional apreender técnicas de pesquisa em diferentes ambientes e sistemas, de atendimento ao usuário, de desenvolvimento e de gestão de sistemas de informação, de marketing e de análise de informação, de modo que os conteúdos se tornem recuperáveis por sistemas eletrônicos. Além disso, habilita o profissional a auxiliar seus usuários na organização e sistematização de seus trabalhos técnicos, na revisão de textos e na normalização de publicações.